Partilhe esta página:

lxciac-pattern-Lines 3-3 H
lxciac-pattern-Lines 2-1 V
lxciac-pattern-Lines 3-3 H
lxciac-pattern-Triangle TR
Cinema
Cinema São Jorge

No Escurinho do Cinema

Mostra de Cinemas Ibero-americanos

4 a 16 Dezembro
Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, EL SALVADOR, Equador, Espanha, GUATEMALA, México, Paraguai, Peru, Portugal, REPÚBLICA DOMINICANA, Uruguai, Venezuela

Com a curadoria de Carlos Nogueira (Portugal) e Teresa Toledo (Cuba), esta mostra de cinema, com cerca de 40 filmes, será formada por uma escolha que parte de amplos critérios de seleção, na qual a qualidade foi a premissa fundamental. Trata-se de um conjunto de obras, de ficção e não-ficção, que se caracteriza pela multiplicidade de pontos de vista e pela reflexão estética. A mostra inclui uma diversidade de propostas estéticas e narrativas, com uma forte presença de filmes que trabalham com a investigação da linguagem cinematográfica e que possuem um marcado acento autoral. Apresenta um cinema que, para oferecer novos imaginários, faz da apropriação de códigos de vários géneros, o seu ideário. E todas as obras são inéditas em Portugal. Trata-se de uma oportunidade única para conhecer de perto a riqueza criativa dos cineastas do mundo ibero-americano e algumas das obras mais notáveis da produção recente do seu cinema.

Abertura: AQUÍ NO HA PASADO NADA de Alejandro Fernández Almendras (Chile) - escolhido recentemente por críticos como o melhor filme chileno do século XXI

Encerramento: LA DEFENSA DEL DRAGÓN de Natalia Santa (Colômbia) - estreado no último Festival de Cannes (secção Quinzena dos Realizadores)

Alguns filmes presentes:
ESPACIO SAGRADO de Felipe Esparza (Peru)
LA LUZ INCIDENTE de Ariel Rotter (Argentina)
EJERCICIOS DE MEMORIA de Paz Encina (Paraguai)
IXCANUL de Jayro Bustamante (Guatemala)
LA RECONQUISTA de Jonás Trueba (Espanha)

Organização Casa da América Latina